terça-feira, dezembro 05, 2006

A vida é efémera .... acreditem.

Entre os dias 7 de Novembro e 1 de Dezembro (dia dos meus anos...) estive internada no serviço de cirurgia do Hospital de S. José, em Lisboa.
Inicialmente o diagnóstico foi o de uma Pancreatite Aguda e ... pedra na vesícula, sendo que os médicos sempre valorizaram muito mais a infecção no pâncreas em detrimento da vesícula. E foi assim que me mantive semanas a dieta zero (sem poder ingerir água, sequer) apenas molhando os lábios. Quando as coisas pareceram melhorar enviaram-me para casa à espera de melhor oportunidade para a operaçáo à vesícula. Só que, passados 2 dias, eu estava de novo internada.
E agora com temperaturas altíssimas quase constantes e cólicas dolorosíssimas!!!
Confesso: vi a morte rondar-me, pensei que tinham chegado os meus últimos momentos.
Finalmente decidiram operar-me. E ainda bem que o fizeram porque a vesícula (um pequeno saco que temos na base do fígado) estava de tal forma infectada que uma peritonite seria inevitável e, obviamente, uma septicémia tomaria conta de mim. Aconteceu na madrugada de 25 para 26 de Novembro. Foi um corte enorme, transversal e na horizontal. E um dreno ...
O pós-operatório foi terrível. Temperaturas muito altas e dores constantes.
Apesar de tudo, no dia 1 de Dezembro quiseram mandar-me para casa e oferecer-me esse belo presente. Regressei com os pontos e com o buraço do dreno aberto.
De então para cá, vou sobrevivendo. Com imensas dores, com imenso mau-estar, uma grande depressão e muita tristeza.

Valem-me os AMIGOS que não me abandonam. Mas, entre estes, existem os imprescindíveis.

Obrigada ao meu amigo e vizinho Mário que cuidou (como sempre) com todo o carinho e toda a dedicação dos meus dois meninos de quatro patas: o Miró e a Elis Regina.

Obrigada, querida ANGELA. Tu és mais que minha irmã, mais que minha amiga... Tu és a IMPRESCINDÍDEL, aquela pessoa que, incondicionalmente, está SEMPRE PRESENTE! Aceitando-me como sou, amando-me como sou! E nunca me abandonando !
Não tenho palavras para dizer-te o quanto te amo!
Mas tu sabes.

Provavelmente vou agora descansar e recuperar para casa dos meus amigos Albergaria, a minha família de acolhimento, os AMIGOS com quem sempre posso contar.

Um beijo para TODOS !

36 comentários:

TMara disse...

Ó Júlia, lamento o k passaste. Agora só posso desejar uma rápida convalescença. Bjs fraternos

Papo-seco disse...

Um abraço
Uma flor
E
Um beijo sentido

Acredita que te compreendo, já fui operado duas vezes a um pseudo quisto no pâncreas e da ultima vez vim para casa com o dreno durante mês e meio.

Custa, mas com a ajuda dos teus amigos e a tua enorme força de vontade, “a coisa vai

Paula Raposo disse...

Eu sei bem o que sentimos quando estamos no hospital com dores e sem perceber se eles atinam com o que temos. Em Janeiro de 2005 aconteceu-me algo semelhante, num país estrangeiro. É a morte ali bem perto. Espero que melhores depressa, que tudo se recomponha e agradeço-te teres-me posto ao corrente e termos trocado algumas sms. Beijinhos, Júlia.

Mendes Ferreira disse...

bom saber-te de volta sorriso aberto..:))))




gosto mt de ti.


abraço forte.

MGomes disse...

Uma recuperação muito saudável no caminho da normalidade é o que lhe desejo. Afinal a vida vale sempre a pena, apesar das dificuldades por que passamos.

Alexandre disse...

Julia
Tu vais recuperar, ninguem foge ao momento, logo tu não estiveste sequer a beira de....
Sofreste e sofres sim senhor, mas faz parte da vida.
Desejo-te as melhoras breves, deixo-te um beijinho e bemn hajam os amigos que de ti cuidam , felizmente tens e bons pelos vistos. Mas tu mereces.
Jocas do Alexandre

Angela Dionísio disse...

Amiga
Muito agradeço a tua carta de amor! Com o meu "costumeiro" pragmatismo te digo que o fundamental é acreditares em ti, é acreditares sempre que consegues. Os amigos só cá estão para dar um "empurrãozinho". E depois, também ajuda um bocado ver o lado positivo da coisa. Já disseste à malta quantos quilos emagreceste neste período? faz o favor de te pores BOOA depressa! Angela

Filomena disse...

Júlia,
A vida tem destas coisas, às vezes tenta passar-nos rasteiras mas há que ter força para não nos irmos abaixo das "canetas".

Desejo-te as melhoras
Uma beijoca
Filomena

© Piedade Araújo Sol disse...

...desejo-te as melhoras...

fica um beijo de amizade e carinho....

carnaxide disse...

Querida Júlia,

tu a sofrer e nós sem nada sabermos!
Daqui a dias vamos festejar os nossos aniversários de sagitários (o meu é hoje)!
Um beijinho fofo e estamos à tua espera para preservarmos todas as memórias!
Firmino Mendes

Anónimo disse...

As melhoras Júlia,
Um abraço amigo
J. J.

José Gomes disse...

Júlia,
Como deves calcular uma destas notícias caíu que nem uma bomba.
Minha amiga, parece que o pior já passou...
Vamos lá pôr esse barco para a frente, muita força e o dese4jo de rápidas melhoras.
Um grande abraço.

Manel do Montado disse...

E eu não soube atempadamente porquê? A menina não tem o meu telele?
Quando está visitável?
Bj

Maria Gantes disse...

Oh amiga

Sabia-te doente, mas não tão mal!!
estranhei a falta de mensagens (mas ontem já cá tinha uma acerca do "não apaguem a memória" ) e de vez em quando ia ao teu blogue
para saber novas tuas!!!

Um grande beijo
nhó

ZALIA NASCIMENTO disse...

Amiga desejo do fundo do coração uma rápida recuperação. Daqui agradeço também aos teus amigos principalmente a Angela por estarem sempre contigo e acredita tenho penha não estar perto para poder ajudar-te tu mereces.
Já sabes que se quiseres vir ao norte... eu espero-te sempre
beijo grande

Pedro Branco disse...

Júlia. Ainda bem que existes.

"Aparece" pelas minhas palavras:

http://daspalavrasquenosunem.blogspot.com

Um beijo grande

Pedro Branco

herético disse...

desejo rápida convalescença. e que breve voltes, com a tua presença amiga e estimulante...

beijo

Isabel Magalhães disse...

Querida Júlia, amiga virtual;

O pior já passou (sei do que falo) e em breve não será mais que uma recordação de um acontecimento horrível.
Acredite que depois da cirurgia vai recuperar a qualidade de vida que lhe faltava e saber que tem amigos que tomam conta de si e dos seus amigos de quatro patas é do melhor que há.

Trate de si. Ponha-se bem. Rápida recuperação.

Um beijinho solidário.
I.

Afrodite disse...

Bem vinda a casa, Júlia!

dulce disse...

Espero q agora recuperes depressa para de novo te termoa aqui na nossa companhia.
Um grande beijinho

Passaro Azul disse...

Minha querida Julia,
fiquei surpresa ao saber o que te aconteceu!
Força AMIGA! Agora vais recuperar e em breve passarás ao teu melhor.
Os meus Parabéns pelo teu recente aniversário e o meu desejo de que te recomponhas tão depressa quanto possivel.
Os AMIGOS, são, sem sombra de duvida o bálsamo das nossas vidas.
Deixo-te o meu maior carinho e ternura com a amizade que sabes que sinto por ti, num terno abraço com as minhas asas de pássaro.

armandorocheteau disse...

Júlia:
Aqui fica um abraço e desejos de uma recuperação rápida.

OrCa disse...

Acabei de saber - por ti mesma - o que te aconteceu, o que já é uma notícia a caminho da esperança.

O nosso corpo, esse inconstante companheiro de jornada, passa a vida a pregar-nos partidas... ou a alertar-nos para distracções várias.

Folgo muito em saber que, apesar dos pesares, estás em recuperação e entre afectos.

Força! Não te esqueças de que no nosso ânimo reside mais de meia cura e ânimo, pelo que de ti sei, não te falta.

Beijos.

Manel do Montado disse...

Por questões de segurança redireccionei o Montado para o seguinte link:
http://montadoaltaneiro.blogspot.com/

As minhas desculpas pelo incómodo.
Obrigado

El Navegante disse...

Parabéns pela melhoría e issa cirugía no momento justo-
Desejo que se recupere e fique mito pero muito bem , minha cara amiga.
Conheço isas coisas e por isso te comprendo muito bem as tuas angustias e sofrimentos.
Nao obstante, mais só si tem vontade de voar pela blogósfera,
vai ser um grande prazer te receber na festa do cunpleanhos do barco, pela sua primeria viágem.
Sem compromisos para vc, si ano tem muita vontade de estar de viágenms pelos blogs, tb?
Um beijao.

Sandra Vinagre disse...

Queida Julia,

Não fazia ideia!! Um grande beijinho e votos de rápidas melhoras.

aldina disse...

Em nome da liberdade, do amor e do respeito pela dor alheia também das minhas desconhecidas rezas (inventadas por mim!) fará parte a recuperação da saúde perfeita da Júlia uma mulher com causas!

Mil Beijinhos e até sempre!

Naeno disse...

Se precisares de outro amigo, este um pouco distante. Mas posso ser de grande valia, também tenho meus momentos de depressão e sei o tamanho que é o bicho.

Deus que tudo ouve e ver, como olhos diferente dos nossos há de te livrar o mais breve possível de tudo isso. Podes acreditar.

Um beijo

Naeo

Anónimo disse...

Querida Júlia,
Só hoje soube (por ti aqui) pelo que passaste.
Exactamente passaste, passou, já lá vai.
Ficou apenas a memória de dias difíceis mas também do muito amor que te rodeia nas amizades que te acompanham e que são aquela família que escolhemos e que nos escolhem para nos acompanhar na caminhada.
Desejo do fundo do coração que recuperes rápidamente e que logo logo estejas na tua melhor forma...
Como a tua "irmã" e amiga disse, vê o lado positivo da coisa: emagreceste o que te só te faz bem à saúde e à tua estima pessoal.
Passo aqui de vez em quando. Nem sempre deixo comentários... sou assim mesmo... ora falo muito ou não falo nada e apenas aprecio...
Ah e como aprecio o que tu escreves e as causas que defendes!
Beijos muito grandes da amiga fraterna
Leonilde (Noel)

Dad disse...

Querida Júlia!

Que horror! Ainda bem que tudo está a entrar na normalidade!

Faço votos sinceros de uma rápida recuperação e como vou estar muito ocupada nestes dias,
possivelmente não poderei voltar aqui
senão depois do Natal.
Deixo-te um beijinho com os desejos
De boas e rápidas melhoras e, apesar da doença, um Natal rodeada de amigos e família.

augustoM disse...

Não sabia que estiveste doente e para mais internada no hospital. Faço votos para que recuperes rapidamente, a vida sem as tuas gargalhdas é muito suturna. Quanto ao andares perto da morte, lê o post que vou publicar logo a seguir ao Natal. E como a vida não para, um Feliz Natal e o Novo Ano cheio de esperanças.
Um beijo. Augusto

A Rapariga disse...

Que tragédia! Não fazia ideia. Espero que melhores rapidamente.
O Fernando, onde jantaste uma vez, também teve um acidente em casa, caiu de costas e teve uma fractura de coluna. Quiseram operá-lo, mas lá acharam que poderia ficar paraplégico. Saiu do hospital ao fim de três semanas, mas tem de usar uma espécie de colete, em todo o torso, mesmo para dormir. É horrivel! Mas ele lá vai indo, porque tem mais coragem que nós, os amigos, todos juntos.
Preciso é não te deixares ir abaixo!
Fico à espera da tua completa recuperação, do fundo do coração.
E que bom teres amigos assim!!!
Beijinhos, Julia

MGomes disse...

Um Bom Natal para si e um Feliz Ano Novo.

DE PROPOSITO disse...

oLÁ.
Esepro que o pior já tenha passado e que já tenhas recuperado.
Desejo-te que o ANO 2007 seja muito melhor do que o ano 2006.
Felicidades.
Manuel

Anónimo disse...

Julia,

Sempre a correr, sempre a correr, vi o seu mail sobre a actualização do blog mas só hoje tive tempo de cá vir. Penitencio-me pela demora. Folgo muito em saber que o pior já passou.
Um beijo grande e um excelente ano de 2007!

Rogério Charraz
http://tubodescape.blogspot.com/

martelo disse...

boas melhoras definitivas e os amigos sobram nos dedos de uma mão.