quinta-feira, agosto 17, 2006

In Memoriam de Regina Abreu



Morreste-me
e o sol fugiu
de repente

Morreste-me
e a dor é um estilete
a retalhar

Morreste-me
e o frio invade
e gela

Morreste-me
e abriste um sulco
sem fim.


Para a minha amiga REGINA ABREU.

Uma grande LUTADORA ANTIFASCISTA.
Uma grande MULHER.
Uma grande AMIGA.

6 comentários:

wind disse...

Lamento:(
beijos

Reporter disse...

Uma perda lamentável.
Beijinho.

Paula Raposo disse...

Sentida homenagem nas tuas palavras. Beijos.

El Navegante disse...

Sinto na alma que tenhas que ter isssas saudades.
E terrivel, por que cada morte tem um significado na vida das pessoas,mias eu que faz tres anos mais o menos, perdí uma grande amiga profissional,te comreendo e te deixo um abraço para procurar tan só um pòquniho poder calmar a tua dor.
Beijo

Arte por um Canudo 2 disse...

Solidário com o teu pesar.linda homenagem..

lualil disse...

uma homenagem... e me lembrei de alguém que tb se foi e que era muito.. muito especial..
beijos