sexta-feira, abril 24, 2009

25 de ABRIL














gravura de Cipriano Dourado


É a festa a força
a liberdade
o riso aberto à flor da face

Sentir o coração
que se rutila
continuar ainda a apressar-se

É o dia onde fomos
para a rua
e este de pegar na sua haste

A fazer-nos lembrar
que ainda hoje
está por construir a igualdade


Maria Teresa Horta


PS. Obrigada à MTH por mais uma vez ter dado voz à minha/nossa voz.


3 comentários:

Maria disse...

Bom 25 de Abril para ti.

Um beijo e um cravo Vermelho!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...
Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...
E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana

Meus votos de um excelente final de semana, junto
às pessoas que ama.
Um abraço do amigo

Eduardo Poisl

Violeta disse...

"A fazer-nos lembrar
que ainda hoje
está por construir a igualdade"
e isto é para sublinhar e agir!!