quarta-feira, junho 09, 2010

Homenagem a Vasco Gonçalves

General Vasco Gonçalves (1922-1985)

passo a divulgar o comunicado da Associação 25 de Abril


Foi há cinco anos que o Militar de Abril e Sócio de Honra da Associação 25 de Abril, primeiro-ministro de quatro Governos Provisórios, Vasco Gonçalves, nos deixou.
Um grupo de amigos criou uma comissão destinada a promover algumas iniciativas evocativas.
A Associação 25 de Abril apoia essas iniciativas e convida-vos para a primeira delas, uma Romagem à sua campa, no próximo dia 11 de Maio, 6ª feira, às 11h00, no cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

Cordiais saudações

Vasco Lourenço

COMISSÃO PROMOTORA

Maria João Gonçalves
Vítor Gonçalves
Vasco Gonçalves Laranjeira
António Avelãs Nunes
António Marques Júnior
Carlos Coutinho
Carlos Cruz Oliveira
Carlos do Carmo
Herbert Goulart
João Corregedor da Fonseca
João Varela Gomes
José Barata Moura
José Casanova
José da Silva Pinto Ferreira
José Emílio da Silva
José Manuel Costa Neves
José Mendes Morais
José Tasso de Figueiredo
Luís Vicente da Silva
Manuel Barbosa Pereira
Manuel Duran Clemente
Manuel Martins Guerreiro
Manuel Sá Marques
Mário Júlio Simões Teles
Mário Ruivo
Mário Tomé
Miguel Urbano Rodrigues
Nuno Pinto Soares
Nuno Santos Silva
Pedro Pezarat Correia
Vasco Costa Santos
Vasco Lourenço

5 comentários:

Anónimo disse...

è inacreditável só haver uma mulher nesta comissão : sinais dos tempos!
M. Garcia

Júlia Coutinho disse...

É verdade, meu amigo, apenas uma mulher... e por sinal a própria filha de Vasco Gonçalves.
Podiam ter tido maior sensibilidade.

Triste!

Anónimo disse...

Eu sei que é a filha :)
E nem sei como é que ela não se interrogou sobre isso !
Um abraço , júlia
M.

com senso disse...

Um homem admirável, com o qual eu nem sempre concordei, mas que me fascinou sempre pela sua cultura, pelo seu entusiasmo e pela crença permanente de que o mundo podia mudar para melhor.
Fazem-nos falta homens e mulheres com esta dimensão no nosso pobre País.

foskas disse...

Olá, concordo que numa comissão destas uma só mulher é talvez sinais dos tempos. Espero que não mais voltem para trás.
Aproveito para saber da minha amiga e colega Maria joão. Diz alguma coisa
Beijos
Ferra inácio