sexta-feira, junho 27, 2008

Bento de Jesus Caraça: nos 60 anos da sua morte


Bento de Jesus Caraça nasceu a 18.Abril.1901 e faleceu a 25.Junho.1948
Imagem do funeral a 27.Junho.1948
«As ilusões nunca são perdidas. Elas significam o que há de melhor na vida dos homens e dos povos. Perdidos são os cépticos que escondem sob uma ironia fácil a sua impotência para compreender e agir, perdidos são aqueles períodos da história em que os melhores, gastos e cansados, se retiram da luta, sem enxergarem no horizonte nada a que se entreguem, caída uma sombra uniforme sobre o pântano estéril da vida sem formas.»
Bento de Jesus Caraça in A Cultura Integral do Indivíduo-Problema Central do Nosso Tempo. Conferência proferida em 1933 na Padaria do Povo em Lisboa
Nota: Sou possuidora de uma carta inédita de Bento de Jesus Caraça, escrita no dia do início da Segunda Guerra Mundial, com referências ao acontecimento. Em breve a darei a conhecer.

1 comentário:

Angela disse...

Quando nesses idos anos 30 do século passado Bento de Jesus Caraça sublinhava a importância da Cultura Integral do Individuo talvez estivesse longe de imaginar que a ausência dessa cultura integral continuasse hoje a ser um "problema central do nosso tempo" ...pois é, a ignorância continua a ser a origem de muitos males e um forte obstáculo à evolução e desenvolvimento da sociedade em geral e de Portugal em particular.

Ansiamos pois pela revelação dessa inédita carta de tão douta personalidade.